Protestar ou não protestar … é realmente este o dilema?

* Peso desculpas se as minhas informações não estão completamente certas, este texto é somente uma opinião pessoal

A maioria de vocês devem ter lido, visto ou ouvido falar sobre os protestos no Brasil. Estar em Campinas,  cidade localizada a 1 hora (aprox.) de São Paulo, enquanto tudo isso está acontecendo, tem sido uma experiência muito interessante, que, de certa forma, reforça alguns dos meus sentimentos anteriores sobre o movimento Occupy, que agora não é tão popular como era há um ano.

Tudo começou com uma reivindicação simples. O Movimento organizado chamado “Passe Livre” – MPL, começou a se queixar dos altos preços do transporte público, que estava prestes a sofrer mais um aumento. Um pequeno grupo começou a protestar e as reações agressivas da polícia e os artigos negativos publicados pela mídia, foram, na minha opinião, algumas das causas do grande incêndio que veio depois. Sigue leyendo

Anuncios

Frustración como motivación: Conversando sobre Cultura Digital en Brasil

Salir de nuestra zona de confort, da miedo. Estamos tan acostumbrados a nuestras rutinas y hábitos, o pensamos que estamos en un momento tan bueno en nuestras vidas, que cualquier cosa que amenace o nos desafíe a cambiar cualquiera de nuestras actividades nos exponen a lo desconocido, lo que podría ser para bien o para mal . Esto es aún más difícil, si el cambio implica no solo un cambio de actividad, sino un cambio de paradigma, es decir, una transformación en la forma de pensar y entender las cosas.

Me parece que este fue el sentimiento que se destacó durante los debates que tuvieron lugar en la Segunda Semana de la Cultura Digital* en Campinas. El tema de la semana de este año fue: “Puede el Internet subvertir el orden?”, lo que llevó a cada uno de los participantes a reflexionar sobre nuestro orden actual y qué cambios, si los hay, el Internet está causando. La mayoría de los participantes coincidieron en que SÍ, Internet está cambiando las reglas de juego, pero ¿qué tipo de cambio es que este?. Si es bueno o malo, se discutió mucho. Esta divergencia es la que ha causado la mayor parte del malestar. Cosmovisión, objetivos, creencias y realidades, hizo que todos entendieran la pregunta de maneras diferentes. Por ejemplo, se podía ver cómo algunos fueron muy Sigue leyendo

Frustração como motivação: Conversando sobre Cultura Digital no Brasil

Sair fora da nossa zona de conforto é assustador. Estamos tão acostumados com nossas rotinas e hábitos, ou pensamos que estamos tendo um momento tão bom do jeito que somos, que qualquer coisa que nos desafia ou ameaça de alterar qualquer de nossas atividades, nos expor ao desconhecido, que poderia ser para melhor ou pior. Isto é ainda mais difícil de enfrentar quando a mudança não implica apenas uma mudança de atividades, mas uma mudança de paradigma, uma transformação na nossa maneira de pensar e entender as coisas.

Parece-me que este era o sentimento sublinhado durante os debates que ocorreram na Segunda Semana de Cultura Digital* em Campinas. O tema da semana deste ano foi: “A Internet pode subverter a ordem?”, o que provocou em cada um dos participantes, a reflexão sobre a nossa ordem atual e que mudanças, se for o caso, a Internet está causando. A maioria dos participantes concordou que SIM, Internet está mudando o campo de jogo, mas, que tipo de mudança é esta, é bom ou ruim, foi muito disputada. Esta divergência foi o que causou a maior parte do desconforto. Visão de mundo, objetivos, crenças pessoais e realidades, fez todo mundo entender a questão de forma diferente. Por exemplo, era possível ver como alguns estavam muito focados em software, Sigue leyendo